quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Chrome vai ter tabs por grupos







O Chrome está a preparar uma funcionalidade de agrupamento de tabs, que facilitará a gestão de quem tem por hábito manter dezenas de tabs abertas no browser. ( MUITO BOM )

Embora seja o browser mais popular da atualidade, o Chrome deixa bastante a desejar em diversos aspectos, e um deles é precisamente a total ausência de qualquer forma de gestão de tabs. Felizmente, parece que é algo a que a Google está (finalmente) a prestar atenção, revelado por um relatório de um bug que fazia referência a uma funcionalidade Tab Groups para agrupamento de Tabs .

Embora ainda não se saiba qual irá ser o aspecto visual desta implementação no Chrome, é de suspeitar que seja parecido com o de extensões que disponibilizam este tipo de coisa, como é o caso do Tab Group. 



No fundo, funciona de forma idêntica a ter pastas de atalhos para sites, que permitem que com um só clique se abra um conjunto de páginas. Podemos ter um grupo destinado ao trabalho, outro para o lazer, outro dedicado a jogos, ou notícias, ou qualquer outro tema ou finalidade que se deseje. Achamos que vai melhorar muito a vida do Internauta . Não é mesmo ? 

Esperemos que com isto chegue também a gestão das tabs abertas (mesmo que não estejam em grupo) em diferentes sessões -  o que dispensaria a utilização de extensões para guardar um backups das tabs abertas (como o SESSION BUDDY) em caso de crash do Chrome.


Vamos esperar para vê o que vai melhorar mesmo , aliás o Facebook não permitirá mais contas que não tenham foto , uma grande iniciativa válida do Facebook . OBS : A FOTO TEM QUE SER REAL . Publique sua opinião se gostou destas duas INICIATIVAS ! 

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

S21SEC ALERTA PARA ALTO RISCO DO MALWARE LOJAX




Este malware foi desenvolvido pelo grupo FancyBear, também conhecido por nomes como APT28, Sofacy, entre outros.




A S21sec lançou um alerta sobre o malware LoJax, que tem a capacidade de sobreviver à reinstalação do sistema operativo e à subsequente substituição do disco rígido, características que o tornam especialmente perigoso para empresas e instituições que não têm protecção contra este tipo de ataques.
O LoJack, um software que vem pré-instalado no UEFI (Unified Extensible Firmware Interface) de muitos computadores e que é conhecido como Computrace, é caracterizado pela sua persistência incomum, já que a sua função é proteger o hardware de um sistema contra roubo e, por isso a importância de resistir à reinstalação do sistema operativo ou à substituição do disco rígido. Assim, o LoJax aproveita esta vulnerabilidade no Computrace LoJack e atua como um Módulo UEFI / BIOS pré-instalado.

Este malware foi desenvolvido pelo grupo FancyBear, também conhecido por nomes como APT28, Sofacy, entre outros. É uma organização que funciona desde 2004 e que tem como principal objectivo o roubo de informações confidenciais específicas.

Um dos seus métodos de ataque mais utilizados é o envio de emails de spearphishing, com o objetivo de roubar credenciais das contas de email. Recorrem ainda à criação de páginas de login falsas para atrair alvos e assim inserir as suas credenciais nos websites ilegítimos.


Para evitar o ataque do malware LoJax é necessário activar o mecanismo de iniciação segura, que servirá como defesa básica contra ataques direcionados ao firmware UEFI.


Além disso, é recomendável a atualização do firmware do sistema e também verificar se a versão mais recente do UEFI/BIOS está a ser utilizada na motherboard.


Em caso de infecção, a memória flash SPI deve ser recarregada com uma imagem de firmware limpa para remover o rootkit. No entanto, a única alternativa para garantir que o malware não persista é substituir completamente a motherboard do sistema comprometido.







sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Estão aí as placas AMD Radeon RX 590



A AMD anunciou o lançamento das Radeon RX 590, com chips produzidos segundo o processo de fabrico de 12 nanómetros e com arquitetura Polaris. A empresa promete uma boa experiência de jogo, a um custo acessível.


As placas gráficas Radeon RX 590 conseguem velocidades de relógio 15% mais rápidas e um pico de performance face às Radeon RX 580. Scott Herkelman, vice-presidente da AMD, diz que este componente vai permitir frame rates elevados, jogar sem imagens tremidas e uma boa experiência de jogo para todos os utilizadores.
A arquitetura Polaris e o chip de 12 nanómetros permitem jogar a 60 fps na maior parte dos jogos AAA e até 100 fps na maior parte dos jogos mais populares de eSports. Em termos de software, a AMD promete suporte com drivers e otimizações constantes para garantir uma melhor performance, streaming através do Radeon ReLive e maiores possibilidades de personalização com a AMD Radeon WattMan. Esta placa vai suportar naturalmente a tecnologia AMD Radeon FreeSync que permite sincronizar a taxa de atualização do ecrã com o jogo, eliminando perturbações visuais.
As Radeon RX 590 estão disponíveis em todo o mundo, por 279 dólares, disponibilizadas por fabricantes como Asus, PowerColor, Sapphire ou XFX, por exemplo.
Por fim, a empresa anunciou ainda o Raise the Game Fully Loaded, um pack onde oferece versões de PC de Resident Evil 2Devil May Cry 5 e Tom Clancy’s The Division 2 a todos os que comprem uma Radeon RX Vega ou uma Radeon RX 590 ou PC’s com estas gráficas. Quem optar por placas RX 580 ou RX 570 vai poder escolher dois destes três títulos.

Veja mais no SITE DA AMD

terça-feira, 6 de novembro de 2018

HP desafia os limites da criatividade digital

















A gama mais atual pretende reforçar o compromisso com os profissionais criativos através de hardware, software e serviços de última geração.
A HP anunciou um novo e grande salto com a mais recente geração de soluções de tecnologia para os profissionais criativos. A HP combina a potência do seu portfólio Z de sistemas de computação de alto desempenho com os seus recursos de impressão e packaging líderes do setor para proporcionar as melhores experiências aos profissionais criativos.
“Os criativos de hoje necessitam de ferramentas e soluções especializadas para ajudá-los no processo criativo, aumentar a sua produtividade e criar sempre e onde quer que a inspiração apareça”, afirma Gwen Coble, diretora de Workstations, Thin Clients, Retail Solutions e Immersive Computing, EMEA, HP Inc. “Escutamos as necessidades dos profissionais criativos e investimos em inovação, para facilitar a sua criatividade. Com o hardware mais potente, mais e melhor software e serviços, e programas inovadores específicos para criativos, a HP reinventa a maneira como o mundo cria.”
Z by HP: A mudar a forma como o mundo cria
O novo portfólio Z by HP – que inclui os portáteis ZBook, os desktops Z, as potentes workstations HP Z2 Mini e HP Z8, e os premiados monitores HP DreamColor – disponibiliza a produtividade, a versatilidade e a segurança que os profissionais criativos de hoje precisam para fazer o melhor trabalho criativo. A HP ZBook Studio, a HP ZBook Studio x360, a HP ZBook 15 e a HP ZBook 17 foram melhoradas com uma maior potência de processamento, funcionalidades de segurança inovadoras e écrãs mais nítidos. A melhoria no desempenho, com processadores Intel Core i9 de seis núcleos, permitirá que os criativos lidem com cargas de trabalho mais pesadas, como edição de vídeo e renderização em 3D. A opção de memória expandida até 32 GB de memória (expansível até 128 GB, dependendo do modelo1) permite que os utilizadores trabalhem mais rapidamente com grandes quantidades de dados. A nova funcionalidade de segurança RAID 1 disponibiliza aos utilizadores um disco rígido espelhado, que assegura tranquilidade ao proporcionar o backup de dados importantes. Além disso, tanto a HP ZBook Studio como aStudio x360 ganham um aumento no desempenho gráfico para renderizar e editar com perfeição com a nova placa gráfica NVIDIA Quadro P2000.
Com a HP ZBook Studio x360, o PC conversível mais potente do mundo2, os utilizadores podem reimaginar o processo criativo com o conforto de um portátil e a conveniência de um tablet. A HP ZBook Studio x360 possui um novo ecrã táctil anti-reflexo opcional permitindo aos utilizadores trabalhar no exterior ou em situações de iluminação intensa, bem como uma maior durabilidade com o vidro Corning Gorilla de última geração. O écrã anti-reflexo imersivo HP DreamColor suporta 100% Adobe RGB e possui 600 nits de brilho. É 20% mais brilhante do que o écrã Retina de 15 polegadas do Apple MacBook Pro e 50% mais brilhante do que o monitor Dell XPS UltraSharp 4K3.
“A HP, ao trazer novas opções para a comunidade da Adobe, permite que os criativos possam escolher de entre uma variedade de novos produtos, aqueles que melhor se adaptam aos seus fluxos de trabalho digitais”, afirma Bryan Lamkin, vice-presidente executivo e general manager de Mídia Digital da Adobe. “A combinação da Adobe Creative Cloud® com o hardware da linha Z by HP e os produtos de impressão da HP ajudará a nossa comunidade a ampliar os limites da sua criatividade.”
Criatividade com o HP SmartStream Designer para designers
Para libertar o potencial criativo e potenciar as possibilidades ilimitadas de impressão e embalagem, a HP anuncia a disponibilidade global do HP SmartStream Designer para designers (D4D), um plug-in para o Adobe Illustrator CC. O HP SmartStream D4D é um conjunto de soluções de design “leves” para permitir que os designers personalizem e customizem qualquer design através do uso de texto, cor e imagens variáveis, permitindo maior controlo sobre o processo criativo. Além disso, o recurso HP SmartStream Mosaic dentro do software D4D permite que os designers criem ficheiros iniciais que podem ser manipulados infinitamente através do uso de algoritmos e que criam resultados infinitamente exclusivos em tempo real. O HP SmartStream D4D agora está disponível como um plug-in de download gratuito para plataformas Mac e PC no Adobe Exchange.
“A impressão digital HP tem a capacidade de tornar a embalagem e a impressão mais ágeis e ilimitadas, mas até agora existia uma lacuna entre conceito e criação”, afirma Nancy Janes, chefe global de inovação de marca da HP Inc. “Com o HP SmartStream D4D, os designers podem, pela primeira vez, utilizar o poderoso software do Adobe Illustrator CC para criar campanhas com embalagens memoráveis ​​e impactantes para marcas globais e locais. ”

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

IBM compra Red Hat por 34 mil milhões de dólares
















A IBM vai pagar 190 dólares por cada ação da Red Hat, mais 63% do que o preço de fecho na sexta-feira. Este é o maior negócio da IBM, que tem uma capitalização de 114 mil milhões de dólares e que desembolsou 34 mil milhões agora para esta operação.
A Red Hat foi formada em 1993 e especializou-se em sistemas operativos Linux, oferecendo funcionalidades personalizadas, manutenção e apoio técnico a clientes empresariais em troca de uma mensalidade. A IBM vai conseguir entrar assim numa fonte lucrativa de receitas de subscrições: segundo o CEO da empresa, a Red Hat é uma das poucas empresas no setor que tem aumento de receitas e de cash flow, noticia a Reuters.
Esta é a aposta da IBM para conseguir rivalizar com a Amazon, Alphabet e a Microsoft no setor do cloud computing. O anúncio é o mais recente de uma série de alguns grandes negócios no setor: a Microsoft a comprar a GitHub, a Broadcom a comprar a CA Inc, a Dell a comprar a EMC há dois anos.
O negócio IBM - Red Hat deve estar concluído no segundo semestre de 2019 e a liderança, instalações, marcas e boas práticas da Red Hat devem manter-se.